segunda-feira, 28 de junho de 2010

Edward Abbey: O Ecologista Politicamente Incorreto


Edward Abbey foi um desses raros personagens que apenas aparecem de tempo em tempo. Politicamente e ecologicamente engajado, mas totalmente desenquadrado dos perfís convencionais dos quais foi categorizado. Um ativista ambiental que acreditava que o correto era se jogar lixo nas estradas, pois 'não são as latas de cerveja que são feias; as estradas é que são'. Edward Abbey, apesar de Anarquista, nunca se encaixou no estereótipo politicamente correto, como a maioria dos ambientalistas, mas renegou hippies e pseudo-intelectuais e apoiou causas vistas como altamente politicamente incorretas em seu meio, como a posse de armas e sua oposição à imigração.

Algumas de suas frases famosas:

- Um patriota deve estar sempre preparado para defender sua pátria contra seu governo.

- Se os fins não justificam os meios - o que pode?

- Com amor se implica ódio. O homem que não fica nervoso por nada, não se importa com nada.

- Quando o argumento do filósofo se torna tedioso, complicado e opaco, é porque geralmente é um sinal de que ele está tentando provar como verdadeiro ao intelecto o que é totalmente falso ao senso comum.

- Anarquismo não é uma fábula romântica, mas a realização realista, baseada em cinco mil anos de experiência, que não podemos confiar o gerenciamento de nossas vidas a reis, padres, políticos, generais e comissários.

- A tragédia da guerra moderna é que jovens morrem matando uns aos outros - ao invés de seus verdadeiros inimigos, em sua pátria, comandando o capital.

- Poder é sempre perigoso. O poder atrai os piores e corrompe os melhores.

- Homens crescidos não precisam de líderes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário